Mvsica

2006

Adnet Mvsica / Adventure Music - 2006

Todos os arranjos são de autoria de Mario Adnet
Produzido por Mariza e Mario Adnet
Assistente Joana Adnet
Produção executiva Richard Zirinsky Jr.
Fotografia Nelson Faria
Gravado em 13, 14, 16, 17, 20 e 21 de fevereiro e mixado em 2, 3, 6 e 7 de março nos estúdios Mega, Rio de Janeiro
Engenheiro de gravação e mixagem: Ronaldo Lima
Masterizado no Visom, Rio de Janeiro em 13 de março de 2006
Engenheiro de masterização Luíz Tomaghi
* Mônica Salmaso gentilmente cedida pela Biscoito Fino

Este disco doi possível graças ao envolvimento e a amizade dos músicos maravilhosos que participaram do projeto. Durante as gravações estávamos na expectativa pelo nascimento do filho caçula de Jorge Helder. Lucas, que esperou o pai terminar seu trabalho para nascer.

‹ Voltar para discografia

Compre aqui o CD

Já se passaram quatro anos desde o último trabalho solo de Mario Adnet Rio Carioca. Durante este período, Mario se manteve ocupado com vários projetos, incluindo os trabalhos sobre a obra de Moacir Santos, Ouro Negro (2001), Choros & Alegria (2005) (indicado ao Grammy latino 2006) além de Jobim Sinfônico (vencedor do Grammy Latino de 2004). 

Mario Adnet – Mvsica é certamente o trabalho mais maduro do compositor, focado nas composições próprias e nos arranjos. E para acompanhá-lo, um time formado pelos melhores instrumentistas brasileiros da atualidade como Marcos Nimrichter (piano), Jorge Helder (baixo), Jurim Moreira (bateria), Armando Marçal (percussão), Vittor Santos (trombones), Rodrigo Campello (guitarra), Teco Cardoso (flautas), João Donato (piano), Ricardo Silveira (guitarra), Jessé Sadoc (flugelhorn, trompete), Toninho Ferragutti (acordeom), Jacques Morelembaum (cello), Mônica Salmaso (vocais) Antonia Adnet (violão), Joana Adnet (voz). 

No repertório, canções dos anos 1970, como é o caso de Ela (Mario Adnet e Joyce), que recebe novo arranjo; uma nova leitura para Quase (Adnet e Carlos Sandroni), que vem de seu primeiro CD solo Pedra Bonita (1994); Baiambê, do primeiro LP com Alberto Rosenblit (1980) com a participação de Toninho Ferragutti. A faixa que abre o CD, Do coração, foi escrita especialmente para este projeto e tem como destaque o trombone de Vittor Santos. Nas faixas Andando na praia e Salsatlantic a participação do piano marca registrada de João Donato. Para Paulistana Nº 1, de Cláudio Santoro, considerado o maior sinfonista brasileiro, Mario convidou Mônica Salmaso. Outra composição clássica é Dança Negra, de Mozart Camargo Guarnieri com um arranjo instrumental mais percussivo. Fechando o disco, Mônica Salmaso retorna nos vocais para Paisagem Nordestina composição escrita por Mario em 1979. 

Este é o primeiro lançamento do selo Adnet Mvsica.

Mario Adnet